O fim carioca


Chegou ao fim o Campeonato Carioca! Infelizmente ano que vem tem mais. Sim, infelizmente! Já é notório que o estadual precisa de uma reformulação, porque do jeito que tá não da pra ficar. O campeonato está ultrapassado, sem graça, com pouco público, mal organizado e mal arbitrado.

Mas o alvo aqui não é a péssima arbitragem carioca (que, pasmem, não se saiu tão mal quanto o ano passado). O alvo é o campeonato em si e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Além de não organizar um campeonato descente, a FERJ recebeu o dobro que os times. O Carioca não tem um publico muito grande, mas os ingressos são caros (Esse é um dos muitos defeitos) e 10% dessa renda vai direto para a Federação. Tirar 10% da grana é um prejuizo enorme para os clubes menores, que não chegam a ter nem 4.000 torcedores em seus jogos.

Segundo fontes, a FERJ arrecadou um total de R$ 2,5 milhões na soma das taxas das partidas do campeonato, contra R$ 2,3 milhões recebidos pelo Vasco. O Botafogo faturou um total de apenas R$ 1,4 milhão na competição, enquanto o Flamengo com sua numerosa torcida conseguiu R$ 1,7 milhão. RESUMINDO: A FERJ ganhou mais que O CAMPEÃO ESTADUAL, o Vasco!

Eurcio Miranda, presidente do Vasco. Foto de Edgard Maciel de Sá/Globo Esporte
Eurcio Miranda, presidente do Vasco. Foto de Edgard Maciel de Sá/Globo Esporte

E não estou falando de um Vasco fraco politicamente, que abaixa a cabeça para todos. Estou falando do clube comandado por ninguém mais ninguém menos que EURICO MIRANDA. Sim, Eurico, o próprio. A entidade imortal do futebol carioca. O cara que fala “O respeito voltou. Ponto.” Há quem diga que ele está por trás de toda a falcatrua, o que não é difícil de acreditar dado o histórico do cara. Mas enquanto ele se preocupa em ganhar do Flamengo a qualquer custo, deixa de ganhar muito mais dinheiro para o seu próprio clube ao concordar com a Federação.

tumblr_niy3wgvPX71rbf3uvo1_1280No Campeonato Paulista a média de público é maior, os times são mais competitivos e a Federação fica com 5% da renda. Somente o segundo jogo da final do Carioca gerou R$ 320.813,00 de “taxa” para a Ferj!!! Para comparação, a Federação Paulista de Futebol (FPF) ficou com renda de R$ 77.764,00 do jogo entre Santos x Palmeiras. A renda total da partida foi de R$1.555.580,00.

Como pode uma organização dessa ficar com a maior parte do dinheiro? Os números apresentados por eles são duvidosos. Isso fez com que Flamengo e Fluminense questionassem empréstimos duvidosos e qualquer outra favorecimento. Tiveram protestos formais por parte dos dois clubes. Coincidência ou não esses times pararam na semifinal com arbitragens contestadas. Se tiver uma auditoria é quase certo que vão encontrar coisa errada.

Fred estava certo. É preciso acabar com o Campeonato Carioca. O Flamengo inclusive já estuda criar outro campeonato em paralelo. Quem sabe um interestadual entre Rio-SP-Minas que aumente a renda, o público, a competitividade e a situação dos clubes.
Até lá resta se contentar com ingressos caros para assistir a um campeonato fraco.

Fontes: Olhar Crônico Bastidores F.C Bastidores F.C 2 ESPN

 

Juan Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s